·
As plantas nacionais reafirmam a sua posição na Holanda
15 novembro, 2018
A Portugal Fresh esteve presente, pela terceira vez consecutiva no IFTF, evento internacional de Floricultura, em Vijfhuizen, Holanda. De 7 a 9 de novembro a feira que explora maioritariamente o mercado das flores de corte, teve cerca de 300 empresas de todo o mundo a expor, tendo apresentado, segundo a organização, um aumento de visitantes na ordem dos 15%, comparativamente ao ano anterior. 

 


A participação da associação neste certame, de referência para o setor das flores e plantas naturais, foi desde o inicio reconhecida, junto dos parceiros, como chave para a valorização do setor e possível contribuição para o aumento das exportações nacionais. 


O sucesso do percurso feito ao longo destas 3 edições foi possível muito graças ao apoio das empresas associadas e parceiros que mantiveram o interesse neste mercado. 


É notório o reconhecimento de Portugal nesta feira e a conquista da relevância e imagem pretendidas desde o primeiro dia.
O IFTF é um lugar de referência para uma atualização das novas tendências de mercado, não só ao nível europeu como também resto do mundo. Muitos são os portugueses, de norte a sul do país, que visitam o certame todos os anos e consideram crucial a existência de uma representação nacional. 


É de mencionar que decorre em simultâneo o Trade Fair Aalsmeer, a poucos quilómetros do IFTF, dedicado às plantas naturais envasadas, que recebe igualmente um grande número de visitantes. Arriscamos dizer que estas duas feiras fundidas seriam a oferta ideal para satisfazer as necessidades e interesses dos nossos associados e parceiros. 


As grandes novidades este ano, segundo Dick van Raamsdonk do HPP Exhibitions, organização do evento, foram as participações do Zimbabwe e Irão, países que apresentaram stands de grandes dimensões. A Argentina já foi anunciada como novidade para 2019, tal como a intenção de trabalhar para uma participação alemã. 


A Portugal Fresh quer deixar um agradecimento às empresas Viplant, Bayflor e Viveiros Monterosa que contribuíram, mais uma vez, para uma participação valorativa no IFTF.