·
Portugal Fresh leva 46 empresas e entidades à Fruit Attraction 2019
23 outubro, 2019
Em 2019, o espaço conjunto promovido na Fruit Attraction, em Madrid (Espanha), pela Portugal Fresh – Associação para a Promoção das Frutas, Legumes e Flores de Portugal vai reunir 29 empresas, oito parceiros e nove associações. Segundo a associação, a área de exposição na feira internacional do sector hortofrutícola – que decorre de 22 a 24 de Outubro – será a maior até à data, ocupando quase 600 metros quadrados.

Lista de expositores do espaço conjunto promovido pela Portugal Fresh na Fruit Attraction 2019

Empresas – Alda Lopes, Alitec, Beirabaga, BVLH, Central Frutas do Painho, Coopval, Ecofrutas, Extrafrutas, Frupor, Frusoal, Frutalvor, Hortapronta, Kiwicoop, Parafrutas, Pedaços da Natureza, Quinta do Pizão, Vale da Rosa, Bfruit, Cooperfrutas, Emergosol, Hortomelão, Frutas Martinho, Greenpeas, Lusomorango, Lusopêra, Santos e Pereira, Vitacress, Granfer,Triportugal.

Parceiros – EDIA (Empresa de Desenvolvimento e Infra-estruturas do Alqueva), Crédito Agrícola, Hirdosoph, Magos, Hubel, Lafpack, Fepal, Articold.

Associações – APK (Associação Portuguesa de Kiwicultores), Refcast (Associação Portuguesa da Castanha), FNOP (Federação Nacional das Organizações de Produtores de Frutas e Hortícolas), Porbatata (Associação da Batata de Portugal), AIHO (Associação Interprofissional de Horticultura do Oeste), APMA (Associação dos Produtores de Maçã de Alcobaça), Cothn (Centro Operativo e Tecnológico Hortofrutícola Nacional), Aprofip (Associação de Profissionais de Figo da Índia Portugueses), ANP (Associação Nacional de Produtores de Pêra Rocha).

 

A Portugal Fresh salienta que, desde a primeira presença conjunta que organizou neste certame anual, em 2011, com cerca de 20 empresas e organizações, a comitiva portuguesa «não tem parado de crescer». A área de exposição ocupada pela presença conjunta também tem aumentado, face aos 275 metros quadrados preenchidos em 2011.

A própria Fruit Attraction tem vindo a registar um crescimento contínuo ao longo dos anos, em área de exposição, número de expositores e número de visitantes. Em 2019, a organização do evento regista 1.800 expositores, provenientes de 130 países, e conta receber 90.000 visitantes.

No primeiro dia da Fruit Attraction, terá lugar a visita do embaixador de Portugal em Madrid, Francisco Ribeiro de Menezes, às empresas portuguesas expositoras na feira. Ainda no dia 22, realiza-se o habitual jantar promovido pela revista Frutas, Legumes e Flores, em colaboração com a Portugal Fresh, que contará com a presença do embaixador de Portugal em Madrid e do delegado da Aicep em Madrid, Luís Moura.

A associação refere que «Portugal conseguiu, nos últimos anos, diversificar a oferta, levando mais cor, sabores e aromas aos mercados internacionais». «A diversidade da oferta portuguesa aumentou consideravelmente e os pioneiros da promoção internacional – empresas do sector das peras e maçãs – estão hoje muito bem acompanhados por pequenos frutos, laranjas, tomates, kiwis, uvas, abóboras, couve portuguesa, cenouras, batatas e tantos outros, que garantem uma mistura de aromas, sabores e cores únicas», afirma Gonçalo Santos Andrade, presidente executivo da Portugal Fresh.

De acordo com a associação, Espanha representa 30% das exportações de frutas, legumes e flores. Em Madrid, a Portugal Fresh pretende mostrar «o melhor da produção nacional de frutas e legumes», numa iniciativa «incluída numa vasta estratégia de promoção externa, que tem como objectivo atingir os 2.000 milhões de euros de exportações» de frutas, legumes e flores de Portugal em 2020, sendo que, em 2018, as vendas destes produtos para mercados externos atingiram 1.500 milhões de euros.